Beaucarnea Recurvata / Pata-de-elefante

Sale price Price €67,00 Regular price Unit price  per 

Shipping calculated at checkout.

Descrição

Quem vê uma pata-de-elefante pela primeira vez logo percebe de onde vem seu nome popular. Quase sem bifurcações, o tronco é largo na base, na altura do solo, e vai afinando verticalmente. As folhas surgem no alto da árvore, como um chafariz verde, escondendo a maior parte do tronco e dando um aspecto ainda mais exótico ao conjunto. A casca rugosa e cheia de estrias tem a cor e a textura da pele dos paquidermes, de forma que, para ser idêntica a um elefante, só falta à planta uma tromba.

Pata-de-elefante é um arbusto e pode chegar a 5 metros de altura. O curioso tronco da pata-de-elefante tem a mesma função das folhas gordinhas das suculentas e do caule dilatado dos cactos: serve para armazenar água em períodos de estiagem. Essa "sacada" evolutiva da árvore é uma resposta a seu agreste habitat natural, já que ela é nativa dos estados de Veracruz, Tamaulipas e San Luis Potosí, na região nordeste do México, fronteira com os Estados Unidos, onde as chuvas são escassas e o sol, abrasador.

 

Cuidados

Solo: deve ser bem drenado. Se a planta estiver no vaso, verifique se o solo contém mistura de areia para que a água escorra bem.
Iluminação: a pata-de-elefante gosta bastante de luz, sendo ideal o cultivo em sol pleno. Caso ela esteja dentro de casa, posicione a planta para que fique em local bem iluminado.


Rega: como é uma planta que tem como origem a região desértica, ela não exige muita rega. Ao molhar, certifique-se de que o excesso de água tenha saído pelos furos do fundo do vaso, e tente sempre manter o solo um pouco seco, tendo o cuidado de não encharcá-la para não apodrecer a raiz.


Poda: o processo da poda é bem simples, sendo necessário apenas retirar as folhas secas e brotos, caso deseje manter o caule único.


Flor: nascem apenas quando a planta atingir a idade adulta, durante o outono. São inflorescências longas e retas, contendo inúmeras florzinhas de coloração branca. Seus frutos não são comestíveis.
Viu como é simples? Agora é hora de colocar tudo isso em prática ao verificar se a sua pata-de-elefante está posicionada em um local que pegue a luminosidade ideal ou se o solo não está muito encharcado.